Minas Gerais registrou 82 casos de dengue por dia em 2018.

Em relação ao ano passado, estado computou 3.492 diagnósticos a mais, com oito óbitos confirmados e 14 em investigação.

Em boletim divulgado nesta segunda-feira (7), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que Minas Gerais teve 29.875 casos de dengue em 2018 – uma média de 82 diariamente. Quanto às mortes, a pasta manteve o número de oito vidas perdidas, com outras 14 situações em análise. C

Considerando o período entre 2 e 29 de dezembro, quatro municípios estão com incidência muito alta de casos prováveis: Mirabela (Norte), Guarani (Mata), Unaí (Noroeste) e Campina Verde (Triângulo). Em Martinho Campos (Centro-Oeste), a situação também é de alerta, com incidência alta. Outras sete cidades estão com média incidência, 200 estão com baixa e 641 municípios estão sem registro de casos.

Em relação à febre chikungunya, Minas Gerais registrou 11.772 casos prováveis da doença, a maioria na região do Vale do Aço. No ano passado, foi confirmada uma morte pela doença, em Coronel Fabriciano. Outras duas estão em investigação. No caso da zika, foram registrados 184 casos prováveis da doença, sem registro de óbito.

Fonte: Jornal Estado de Minas.

Arquivo de Notícias
Categorias