Cidade do Sul de MG registra primeiro nascimento de bebê em quase 12 anos

Por falta de estrutura em hospital, grávidas de Capetinga (MG) geralmente têm o filho em outras cidades da região.

A cidade de Capetinga (MG) registrou no mês de janeiro o primeiro nascimento de um bebê em quase 12 anos. Sem um hospital com estrutura para realizar partos na cidade, a maioria das mães têm os filhos em municípios vizinhos.

O mais novo bebê da cidade, Jadson Vilei Ribeiro dos Santos, é o quarto filho de Devanira dos Santos. O caso chamou atenção e o bebê ficou famoso na cidade. “Todo mundo me para e me pergunta se foi ele que nasceu aqui em Capetinga. Quase ninguém acredita que ele nasceu aqui”.

Capetinga tem hoje aproximadamente 7,1 mil habitantes. Há cerca de 10 anos, o hospital da cidade deixou de fazer partos por falta de estrutura.

Devanira entrou em trabalho de parto em 24 de janeiro, por volta das 2h30. Ela chegou ao Pronto Atendimento de Capetinga e foi encaminhada de ambulância para a maternidade de Cássia.

Lá, uma enfermeira mandou a paciente voltar porque o bebê não estava pronto para nascer. Ao voltar a Capetinga, depois de 17 horas com fortes contrações, ela retornou ao pronto socorro, onde o filho nasceu, com três quilos.

O parto foi na sala da enfermaria. “O cordão estava em volta do pescoço. Tiramos e correu tudo bem. Lá mesmo fizemos a higiene dela e trouxemos pra Cássia. Foi uma emoção muito grande, o primeiro parto que participei desde que me formei”, contou o médio Luide Batista.

O nascimento foi uma surpresa até para o cartório da cidade. “Aqui no cartório eu já estou há seis anos. Que eu me lembro, eu nunca fiz um registro que tenha nascido aqui em Capetinga”, contou a oficial do Cartório de Registro Civil, Priscila Rosa . Geralmente, os bebês nascem em cidades próximas como Cássia (MG), Passos (MG) ou Franca (SP).

Fonte: G1 Sul de Minas. Foto: Reprodução/EPTV

Arquivo de Notícias
Categorias